Skip to main content

Ferramentas de monitoramento e diagnósticos

A maior parte dos sistemas Linux já possuem ferramentas embutidas, que demonstram as métricas necessárias para informar as atividades do sistema, sua performance, e o mais importante: ajudam a detectar problemas relativos aos gargalos.

1. TOP
Apresenta de modo dinâmico todos os processos executados pelo sistema. Sua lista é atualizada a cada cinco segundos. Utilização:
2. VMSTAT
Reporta informações sobre processos, memória, paginação, blocos, etc.
Ex. vmstat 3 vmstat -m (memória)
vmstat -a (Memória Ativa/Inativa)

3. PS
Reporta todos os processos neste exato momento.
Ex. ps -A ps -Al
Lista de comandos:
t = Apresenta um sumário com todas as informações
m = Apresenta a utilização de memória
A = Classifica os dados, interessante para identificar e determinar processos
f = Inicia a tela de configuração
o = Ordena as classificações
r = Inicia o comando renice, utilizado para priorizar processos
k = Inicia o comando KILL, utilizado para terminar processos
z = Liga ou desliga as cores

2. VMSTAT
Reporta informações sobre processos, memória, paginação, blocos, etc.
Ex. vmstat 3
vmstat -m (memória)
vmstat -a (Memória Ativa/Inativa)

3. PS
Reporta todos os processos neste exato momento.
Ex. ps -A
ps -Al (formato longo)
ps -ax ps -aux

4. FREE
Apresenta o uso de memória total, livre e utilizada pelo sistema

5. IOSTAT
Apresenta as estatísticas de input/output da CPU, partições físicas e em rede

6. SAR
Coleta e apresenta as atividades do sistema
Ex. Para coletar dados da rede:
sar -n DEV | more
Para apresentar a utilização em tempo real:
sar 4 5

6. MPSTAT
Apresenta a utilização para cada processador disponível, 0 para o primeiro, 1 para o segundo ou mpstat -P ALL para todos

7. PMAP
Reporta a utilização de memória por processo.
Ex. pmap -d PID

8. NETSTAT
Apresenta todas as estatísticas de rede, conexões, origem e destino.

9. SS
Apresenta informações por socket TCP e UDP

10. IPTRAF
Apresenta de modo dinâmico as estatísticas de rede.

11. TCPDUMP
Descarregue o tráfego de rede em um arquivo para análise.
Ex. Para apresentar dados sobre o acesso a um servidor Web:
tcpdump -i eth1 'tcp port 80'
Para apresentar dados sobre DNS: tcpdump -i eth1 'udp port 53'

12. NMAP
Escaneie e analise sistemas e redes

13. HTOP
Uma versão mais robusta do TOP

14. MTR
Combina a funcionalidade do traceroute e ping em uma ferramenta de diagnóstico

15. DSTAT
Combina vmstat, iostat, ifstat, netstat e mais, em uma só ferramenta.

16. COLLECTL
http://collectl.sourceforge.net/